A velha política resiste em Brasília

José Roberto Arruda, Paulo Octávio e representantes do clã Roriz estão se reunindo há meses para “montar um projeto político para 2018”.

A esposa de Arruda será candidata, só não se sabe exatamente a quê.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Caso o Senador José Antonio REGUFFE – o político +honesto do Brasil – se candidatar a Governador,
    não tem pra ninguém.

    Esses quadrilheiros – que já ROUBARAM MUITO no DF – não chegam nem perto.

Ler mais 11 comentários
  1. Caso o Senador José Antonio REGUFFE – o político +honesto do Brasil – se candidatar a Governador,
    não tem pra ninguém.

    Esses quadrilheiros – que já ROUBARAM MUITO no DF – não chegam nem perto.

  2. Paulo Octavio é íntimo de João Doria, sendo inclusive o chefe da LIDE de Doria no DF, não obstante sua carreira de “sucesso” baseado em negócios escusos , com prática de concorrência desleal e aproveitamento de privilégios e vantagens indevidas. Esse é um dos principais pontos pelos quais não compro Doria pelo valor de face. Não me surpreenderia se subissem ao mesmo palanque…

  3. Se considerarmos que 70-80% da população do DF é composta por migrantes do Piauí, Maranhão e Bahia (miscelânea “sui generis” somente encontradiça em Banânia) é perfeitamente possível a eleição de qualquer poste ligado a este grupo de bandidos!

  4. Estarão TODOS fora em 2018! A menos que burlem as pesquisas e usem urnas fraudáveis, com a ajuda do Gilmar Mendes. Os primeiros de ontem serão os últimos de amanhã, EM TODAS AS VOTAÇÕES!

  5. Isto vem provar que quem já frequentou a panelinha, dela usufruindo “louros” pela ganância e corrupção, não encontra outro meio de sobreviver. Essa raça tem que ser banida definitivamente da política.

    1. Ainda mais se lembrarmos que aqueles roubavam mas faziam, ou muito roubavam, enquanto que Agnelo (o 10%) fazia pouco e roubava muito, o grandão não deixava por pouco não, ele sabia surrupiar. Quem não é do Df estranha, mas os outros pelo menos faziam as coisas acontecer, enquanto que estes dois nada acontece. O povo está cansado de promessas quer ação.