Vem para o colo

Além de ter sido acusado de espancar a própria mulher, o petista Roberto Caldas foi acusado também de ter assediado três empregadas domésticas.

Entrevistado pela Folha de S. Paulo, ele negou o assédio às empregadas domésticas, dizendo sobre a primeira:

“Não, absolutamente, não tentei beijar. Eu realmente elogiei os olhos dela. Ela tem um problema psiquiátrico, lá em casa ele teve dois surtos”.

Sobre a segunda:

“É uma moça muitíssima liberal, ela mesma falava das coisas que fazia, e a Michella sabia disso há muito tempo”.

E sobre a terceira:

“Isso vou falar em juízo, mas não foi assédio. Eu entendi que ela se insinuava para mim, o casamento já tinha [faz um gesto com as mãos de ‘já era’] e por duas vezes ela insinuou, inclusive nesse dia, então eu só fiz assim para ela [gesto para se sentar em seu colo]. Aí ela disse: ‘Aqui não’. Só isso, só isso. Foi errado? Foi profundamente errado, porque eu já deveria acabado com isso há muito tempo.”

Comentários

  • ASCO -

    Como todo macho sem vergonha, casado com uma mulher demais para ele, além de passar a régua nas outras, agora mente e desmente as criaturas que foral selvagemente assediadas por ele. Uma tem surto a outra só falará em juízo. Como todo bom advogado,sem vergonha sabe manipular a justiça e ainda acabará mandando para a cadeia suas VITIMAAS>!!!!!!!!!!!!!!!! TALVEZ SEJA O COMPLEXO DE ALTURA, POIS O TAL É UM TAMPA DE GUARANÁ CAÇULA. TEM OLHAR DE LOUCO.

  • Ema -

    Mais um mau caráter do PT,é assim que se forma um partido que quer ser respeitado? Temos que pensar seriamente sobre os personagens que queremos para nos representem,pois estes que aqui estão são de pior especie!

  • Carlos -

    Pqp...esse pessoal não tem jeito...Com todo respeito as empregadas, mas petista? Elas acham coisa melhor...

Ler 94 comentários