Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vem Pra Rua admite participação de lobista, mas nega que ele seja líder

Segundo o movimento, o lobista da Precisa Marconny Faria atuou como voluntário durante o impeachment de Dilma Rousseff em 2016
Vem Pra Rua admite participação de lobista, mas nega que ele seja líder
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em nota oficial, o movimento Vem Pra Rua afirmou que o lobista Marconny Faria fez parte dos atos em favor do impeachment de Dilma Rousseff, mas negou que ele tenha exercido cargos de liderança na agremiação.

“Marconny participou do movimento Vem Pra Rua Brasília como voluntário, na época do impeachment de Dilma Rousseff. Nunca foi líder nem teve atuação nacional, sua participação no movimento se encerrou após o impeachment”, disse o Vem Pra Rua pelo Twitter.

Ao longo do depoimento, Faria admitiu que trabalhou com o Vem Pra Rua em 2016 e que solicitou apoio de parlamentares, como na época o então deputado Luíz Henrique Mandetta.

Mais notícias
TOPO