Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vereador de SP obtém assinaturas e protocola pedido de CPI da Fórmula 1

Vereador de SP obtém assinaturas e protocola pedido de CPI da Fórmula 1
Foto: Secretaria Especial de Comunicação/Prefeitura de São Paulo

O vereador Rubinho Nunes (Patriota) conseguiu reunir as 19 assinaturas necessárias e protocolou nesta terça (2) o pedido de uma CPI da Fórmula 1.

“O presente requerimento se justifica ante a evidente afronta aos princípios constitucionais da legalidade, moralidade e publicidade que devem reger a Administração Pública e que não foram devidamente observados pela Prefeitura de São Paulo no contrato em questão”, diz o texto.

“[V]erifica-se que a Prefeitura de São Paulo está pagando R$ 100 milhões de reais para uma empresa privada realizar o GP São Paulo por cinco anos consecutivos e, ainda, arcará com todos os custos de preparação e manutenção do autódromo. Ou seja, a empresa MC Brazil Motorsport está recebendo verba pública da Prefeitura de São Paulo para tão somente ficar com o lucro do evento automobilístico, sem necessitar desembolsar um centavo sequer para tanto”.

O pedido destaca que a contratação foi sem licitação e “colocada sob sigilo, somente podendo ser acessa (sic) após o ingresso de ação judicial para tanto, em incontroversa afronta ao princípio da publicidade”.

Em 12 de dezembro, o governador João Doria anunciou, antes do prefeito Bruno Covas, que a Liberty Media, empresa dona da Fórmula 1, havia assinado contrato para a realização do GP do Brasil em Interlagos até 2025.

A prefeitura do Rio informou ontem (1º) ter desistido oficialmente da construção de um autódromo na Floresta do Camboatá.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO