Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Versão oficial do governo sobre hospital da família de Queiroga contradiz fala do próprio governador

Versão oficial do governo sobre hospital da família de Queiroga contradiz fala do próprio governador
Reprodução

Como registramos mais cedo, o governo da Paraíba alega que não negociou e nem teve “interesse na aquisição” do Hospital Santa Lúcia, da família do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O Antagonista ouviu de corretores que o próprio governador João Azevêdo estava negociando a compra do imóvel. Além disso, ao inaugurar suas instalações no ano passado, ele disse claramente que seu plano era manter a estrutura depois da pandemia.

O Santa Paula foi rebatizado de Maternidade São Damião e, além de ter sido reformado com recursos públicos, mantém um contrato de locação com o governo da Paraíba. “Essa mesma estrutura ficará à disposição da população de toda a macroregião da Paraíba em atendimento posterior como maternidade”, disse João Azevêdo no ano passado.

E ainda:

“A Paraíba optou em fazer estruturas fixas para que, após a pandemia, possam ser utilizadas e permaneçam prestando serviço para a população. Foi assim em Campina Grande, com o Hospital de Clínicas de Campina Grande, e agora com essa estrutura da Unidade II da Maternidade Frei Damião.”

Assista ao vídeo:

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO