Versões e facções

A guerra de versões sobre a matança no Amazonas continua. Hoje, foi a vez de o secretário de Segurança Pública do Estado, Sérgio Fontes, rebater Alexandre de Moraes de que não há provas de que a chacina foi um acerto de contas entre a FDN e o PCC.

Falando ao Estadão, Fontes afirmou:

“Não é procedente essa informação. Todo mundo ali é filiado (a uma organização criminosa). Até porque, eles foram direto nas pessoas do PCC.”