"Veto à China podia trazer uma catástrofe para nossas exportações do agro"

“Veto à China podia trazer uma catástrofe para nossas exportações do agro”
Foto: Reprodução/redes sociais

Kátia Abreu, que foi acusada por Ernesto Araújo de ser uma espécie de lobista dos chineses da Huawei, disse para O Globo:

“O negócio de 5G é uma questão das empresas, das teles, não é leilão de governo federal. Quem vai comprar ou não o 5G são as teles. Elas é que vão ver qualidade e preço. Simplesmente falei com ele que o veto à China podia trazer uma catástrofe para nossas exportações do agro. Só isso que eu falei com ele, e que esse veto não faria bem ao país. Falei esse assunto porque muita gente veio me contar que ele tentava influenciar o Bolsonaro ao contrário… de que China era espiã, ele colocava isso toda hora. Alertei ele na reunião, está tudo na nota que divulguei.”

Sobre o que levou o ministro a acusá-la, ele disse:

“Conseguiram o que queriam, desviar a atenção da crise que ele mesmo está enfrentando, e da vacina. Alguém mandou ele tuitar isso para desviar do assunto da vacina. Hoje já é o terceiro assunto do Twitter. Alcançaram seu objetivo, desviar a atenção da vacina e da mortandade que está acontecendo no país.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO