As viagens de Lindinho

Os gastos com os reembolsos solicitados pelos senadores somaram R$ 26.633.775,04 em 2017, de acordo com um levantamento feito pelo G1. Neste período, 26.964 notas fiscais referentes a despesas foram apresentadas. Uma média de mais de 2 mil notas por mês.

A maior parte dos gastos recebeu a classificação “passagens aéreas, aquáticas e terrestres nacionais”. Mais de R$ 6 milhões foram destinados a reembolsos com essa categoria. O valor representa 25,2% do total de despesas.

“O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) foi quem mais gastou com passagens aéreas no ano. Os gastos são de R$ 279.407,16 em reembolsos em apenas um ano. Em outubro de 2017, foram R$ 51.379,00. A ponte aérea mais cara de 2017 saiu por R$ 3.274,38 para um bate e volta do Aeroporto Santos Dumont, no Rio, para Brasília. As passagens aéreas representam 73,3% do total de despesas do petista com a verba indenizatória.”

Comentários

  • almir -

    tá trincado!

  • Antonio -

    você imagina um cara desses orientando a secretária para comprar passagens de forma planejada a fim de usufruir de melhores preços? Aquilo que você faz quando sai do seu bolso. De resto só a imprensa para noticiar e deixar a minoria que lê, e entende, revoltada. Só isso, mais nada!

  • Viajando -

    E sobre o sangue dos que morrem nas filas de hospitais, sem recursos e tratamento. De crianças sem futuro e sem presente. De chefes de família desesperados. De mulheres e idosos, sem segurança e assistência.

Ler 82 comentários