Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vice da Aliança pelo Brasil diz que Jair Renan pediu dinheiro para abrir negócio

Vice da Aliança pelo Brasil diz que Jair Renan pediu dinheiro para abrir negócio
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O advogado Luís Felipe Belmonte, vice-presidente do Aliança pelo Brasil —partido que Jair Bolsonaro tenta criar, até agora sem sucesso—, afirmou que a equipe de Jair Renan Bolsonaro lhe pediu ajuda financeira para abrir a empresa do filho 04 do presidente, informa a Folha.

Belmonte disse ao jornal paulistano que lhe foi solicitada uma quantia entre R$ 5.000 e R$ 10 mil para contribuir com a montagem da Bolsonaro Jr. Eventos e Mídia, mas que o dinheiro não chegou a ser depositado.

Segundo o advogado, o pedido foi feito por Allan de Lucena, ex-parceiro de Renan no negócio e também seu ex-personal trainer.

A defesa de Allan negou a versão e afirmou que foi Belmonte que ofereceu a ajuda financeira, para estreitar relações com Bolsonaro. Segundo o ex-parceiro, o dinheiro foi repassado e pago à arquiteta que assinou o projeto da empresa de Renan, mediante nota fiscal. Procurado, o 04 não respondeu.

A empresa de Jair Renan foi inaugurada em outubro do ano passado, com capital de R$ 105 mil. Ela é investigada pela PF, a pedido do MPF, sob a suspeita de tráfico de influência junto ao governo federal.

Leia mais: O início da vacinação no Reino Unido traz esperança para o mundo e dá a largada para a corrida dos políticos pela vacinação em massa em diferentes países.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO