Vice de Skaf tem candidatura contestada

A Justiça Eleitoral recebeu há pouco pedido de impugnação da candidatura da tenente-coronel Carla Basson, vice de Paulo Skaf.

A alegação é de que Basson era comandante de um batalhão e deixou o cargo fora do prazo estimulado.

À noite, a campanha do emedebista enviou a O Antagonista nota em que contesta a ação, movida pela coligação do tucano João Doria.

“Estamos absolutamente tranquilos de que a jurisprudência mais atual e unânime do Tribunal Superior Eleitoral aponta que o militar só é obrigado a se afastar do serviço depois de escolhido em convenção”, diz o texto encaminhado pela assessoria de Paulo Skaf.

O presidente licenciado da Fiesp afirmou ainda ter “muito orgulho” de ter a tenente-coronel como sua vice e chamou a ação de Doria de “manobra preconceituosa”.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. NOVO PSDB disse:

    UXVlbSDpIFNLQUY/PyBTZXUgQ29vcmRlbmFkb3IgZGUgQ2FtcGFuaGEg6SBGTEVVUlkgbyBwaW9yIEdvdmVybmFkb3IgZGEgaGlzdPNyaWEgZGUgU1AsIGrhIGZvaSBkbyBQU0IgZG8gTeFyY2lvIENVQkEgZSBhZ29yYSDpIGRvIE1EQiBkbyBURU1FUiwgZW0gMjAxMCBlIDIwMTQgYXBvaW91IG8gUFQgZSBhIERJTE1BIGUgaG9qZSDpIEJPTFNPTkFSTw==

  2. Maria disse:

    SXNzbyBxdWUgZOEgZnVnaXIgZGEgTGF2YSBKYXRvIGNvbW8gdW0gbG91Y28uIFBlcmRlIHF1YWxxdWVyIGVxdWls7WJyaW8uLi4=