Vice-líder do governo no Senado quer CPI dos hackers

Telegram

O senador Márcio Bittar (MDB), vice-líder do governo, defende uma CPI para apurar a atuação de hackers no Brasil.

“O que está acontecendo é muito grave. É crime muito grave invadir a privacidade das pessoas e gerar notícia com isso”, comentou ele com O Antagonista.

Na avaliação do parlamentar, uma eventual CPI nesse sentido não atrapalharia a tramitação da reforma da Previdência porque, segundo ele, a aprovação da proposta “já é um consenso” no Senado.

Não pode ser pretexto para restringir a liberdade de imprensa.

Comentários

  • Valeria -

    Sou visceralmente contra CPI no Senado. É só teatro!!! Ainda não entendo porque aquilo - o Senado - existe. Deus disse: “esperem só pra ver o povinho que vou colocar lá! No País das maravilhas

  • Luiz -

    Será que Beiçola acha a mesma coisa?E o Totonho da Roberta também?A responsabilidade desses dois ainda estarem no Supremo é unica e exclusiva do Senado

  • Cadê-o-Queiroz -

    Tem que prender os hackers que invadiram os cofres públicos da Alerj. CPI do assalto a Alerj.

Ler 14 comentários