Vice-PGR defende envio de caso de Alckmin à Justiça Eleitoral

Luciano Mariz Maia, o vice-PGR, falou a O Globo e defendeu sua decisão de pedir ao STJ que a investigação sobre Geraldo Alckmin fosse encaminhada à Justiça Eleitoral de São Paulo.

Para o procurador, criticado reservadamente por integrantes da Lava Jato, não há razão para controvérsia.

“As referências ao então governador Geraldo Alckmin [na delação da Odebrecht] foram no sentido de que teria recebido contribuição para campanhas eleitorais e tais recursos não teriam sido declarados à Justiça Eleitoral. A investigação se deu sobre esses fatos. Não havia elementos para ir além disso.”

O tucano foi acusado por delatores da Odebrecht de receber R$ 10,3 milhões em dinheiro vivo nas campanhas de 2010 e 2014. Eles apontaram o cunhado de Alckmin, Adhemar Ribeiro, como operador de parte desse montante.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais 21 comentários
  1. O Alckimin é café pequeno perto de Renan,Sarney ,Lula, Dilma, Temer. Tenho pena que façam estardalhaço com as minhocas e não com os tubarões. Ele vai ser queimado por outras razões que não é os cem milhões que recebeu para campanha . Nunca ouvi os “esleys” falarem do grande padrinho deles. Tem muita coisa obscura e escondida.

  2. Roubos sem parar, o Brasil só irá parar a sangria quando conseguir colocar todos esses ladrões na cadeia e espero que toda vez que aparecer alguém tentando atrapalhar as investigações deveria ter uma investigação, pois somente corrupto ajuda corrupto! Força Lava Jato e que todos os corruptos e corruptores vão para a cadeia!

  3. Eu acho tão engraçado como as Organizações GLOBO e seus puxadinho esquerdista dos 3 PATETAS dos ANTAS gostam de colocar de propósito todos no mesmo balaio e confundir nomenclaturas
    Doação de campanha seja por dentro ou por fora não é PROPINA é no máximo CAIXA 2 ( falsidade ideológica )
    Se a doação é PROPINA precisa ser apontada a CONTRAPARTIDA ( uma vantagem que ALCKMIN deu para a ODEBRECHT )
    Assim como ficou comprovado por MORO no caso LULA
    O mesmo vale para Aécio no JANOTGATE, empréstimo é PROPINA?
    E qual a CONTRAPARTIDA para a JBS?
    Agora a PROPINA da JBS para Marcelo Muller e Rodrigo Janot teve CONTRAPARTIDA que foi salvar os FRIBOI de todos os CRIMES e ainda especular no Mercado Financeiro
    E a PROPINA da GLOBO no FIFAGATE teve a CONTRAPARTIDA dos direitos de transmissão

  4. Não perceberam que todos da lava jato,denunciados, condenados foram para campanha eleitoral? Quem diria que todos os corruptos por caixa 2 seriam isentos livres e solto por um petista.

  5. PROCURADOR MALANDRO, ELE APONTA QUE SE INVESTIGUE SE HOUVE CRIME ELEITORAL, ANTES, SEU FILHO DA PUTA, HOUVE UM CRIME DE CORRUPÇÃO PARA ESTE DINHEIRO CHEGAR NAS CONTAS DE CAMPANHA. LÓGICO QUE ESTE PROCURADOR FILHO DA PUTA, DEU UMA MÃOZONA PRO “SANTO”.

  6. Eu acho tão engraçado como as Organizações GLOBO e seus puxadinhos esquerdistas dos 3 PATETAS dos ANTAS gostam de colocar de propósito todos no mesmo balaio e confundir nomenclaturas
    Doação de campanha seja por dentro ou por fora não é PROPINA é no máximo CAIXA 2 ( falsidade ideológica )
    Se a doação é PROPINA precisa ser apontada a CONTRAPARTIDA ( uma vantagem que ALCKMIN deu para a ODEBRECHT )
    Assim como ficou comprovado por MORO no caso LULA
    O mesmo vale para Aécio no JANOTGATE, empréstimo é PROPINA?
    E qual a CONTRAPARTIDA para a JBS?
    Agora a PROPINA da JBS para Marcelo Muller e Rodrigo Janot teve CONTRAPARTIDA que foi salvar os FRIBOI de todos os CRIMES e ainda especular no Mercado Financeiro
    E a PROPINA da GLOBO no FIFAGATE teve a CONTRAPARTIDA dos direitos de transmissão

  7. Ah, não? E não configura CORRUPÇÃO tal conduta? O ato CORRUPTIVO não deveria ser julgado pela justiça federal? E quem garante que esse dinheiro vivo não declarado foi de fato para as campanhas, uma vez que NÃO FOI DECLARADO?
    PARCIAL, HEIN?