ACESSE

Vice-procurador cita 'milhões de seguidores' de Bolsonaro para criminalizar discurso

Telegram

O vice-procurador-geral, Luciano Maia, citou os milhões de seguidores que Jair Bolsonaro tem nas redes sociais como um agravante de sua conduta.

Segundo Maia, Bolsonaro tem poder para influenciar setores da sociedade a reproduzirem seu discurso e comportamento.

Ao concluir seu parecer, o vice-procurador pediu ao STF que assegure que Bolsonaro “respeite as minorias” e seja responsabilizado pelo crime de incitação ao racismo.

Comentários

  • Glauco -

    este cara é procurador de quem? do alckmin? quanta imbecilidade vinda de uma cabeça só.

  • PAULO -

    crime de RACISMO ou mesmo no grau 'incitação' nao é isto.

  • Marcus -

    Não são milhões de seguidores, não. São milhões de brasileiros. E que pagam o seu salário. Honre o dinheiro que desperdiçamos com você, meu senhor. Não atrapalhe esse cidadão que quer ajudar o país.

Ler 36 comentários