Vice-procurador cita 'milhões de seguidores' de Bolsonaro para criminalizar discurso

O vice-procurador-geral, Luciano Maia, citou os milhões de seguidores que Jair Bolsonaro tem nas redes sociais como um agravante de sua conduta.

Segundo Maia, Bolsonaro tem poder para influenciar setores da sociedade a reproduzirem seu discurso e comportamento.

Ao concluir seu parecer, o vice-procurador pediu ao STF que assegure que Bolsonaro “respeite as minorias” e seja responsabilizado pelo crime de incitação ao racismo.

Comentários

  • Glauco -

    este cara é procurador de quem? do alckmin? quanta imbecilidade vinda de uma cabeça só.

  • Luis -

    Que dor de cotovelo tem o vice-procurador... Coitado... Quer seguidor nas redes sociais, é, meu senhor? Faça um trabalho honesto que, certamente, seguidores virão.

  • Ricardo -

    Quando o alto escalão se sente incomodado é porque quem está incomodando com certeza está certo. As instâncias do poder no Brasil atualmente só enxergam e aprovam o que lhes é benéfico. Ninho de cobra

Ler 39 comentários