Moro vai a Brasília para acompanhar exibição de vídeo na sede da PF

Telegram

O vídeo da reunião ministerial em que Jair Bolsonaro teria ameaçado demitir Sergio Moro por não aceitar trocas no comando da Polícia Federal será exibido na íntegra na próxima terça-feira, na sede da PF em Brasília.

Moro irá pessoalmente a Brasília para acompanhar a exibição.

Ontem, o ministro Celso de Mello permitiu que o ex-ministro da Justiça e seus advogados assistam à íntegra do vídeo da reunião.

Leia também: Por que Bolsonaro quer a PF do Rio? (a tentativa 'escandalosa')

Relator do inquérito sobre a interferência do presidente na PF, o ministro manteve o sigilo sobre a gravação, mas liberou o acesso à defesa de Moro, à PGR e à própria PF.

Comentários

  • Carlos -

    Qualquer pessoa normal, que não esteja com cognição bloqueada, iria acompanhar a exposição de vídeos ao próprio respeito. Óbvio que é imprescindível tal acompanhamento para, em defesa própr

  • osw -

    Bolsonaro... tinha tudo pra fazer um excelente governo com a equipe que montou mas preferiu vender sua alma a esse grupo corrupto do centrao. Só resta o nosso repúdio.

  • JJCohen -

    o traidor do Brasil está louco para ser presidente e entregar o país para o psdb/china. Quanto será que os chineses pagaram para estes caras?

Ler 218 comentários