ACESSE

Vídeo: O "amigo" de Ceciliano

Telegram

Como registramos ontem, as contas ligadas a Elisângela Barbieri, assessora do petista André Ceciliano na Alerj, receberam 448 mil reais em depósitos de uma empresa do deputado federal eleito Gelson Azevedo, aliado político de Ceciliano e agora ex-vice-prefeito de São João de Meriti na chapa do titular Doutor João.

Da concessionária de carros pertencente a Gelson, Elisângela recebeu R$ 54 mil; seu marido, R$ 103 mil; e o pai dela, R$ 241 mil. Desses valores, R$ 275 mil entraram nas contas ligadas à assessora em 2016, quando Ceciliano estava em campanha para prefeito de Japeri, antes de ser derrotado pela terceira vez. Naquele ano, as doações de empresas a candidatos já estavam proibidas por lei, mas ontem, claro, Ceciliano disse que não sabe o motivo das transferências e negou que tenham sido uma maneira de financiar sua campanha.

No vídeo abaixo, o petista saúda Gelson como “amigo” durante solenidade em São João de Meriti e elogia o governo local. Assista.

O FIM DOS AMIGOS DA ONÇA NO PLANALTO. LEIA AQUI

Comentários

  • PAULOQUARESMA -

    Porquê as pessoas insistem em votar em reconhecidos bandidos? Paulistas elegiam sempre o Maluf. O fenômeno, todavia, parece ser patrimônio carioca.

  • CésarB -

    Entre nós, para q servem os partidos...? Só para meter a mão no fundo partidário, só..!! É a maior mentira da República!!É preciso q o Povo assuma o Poder referendando as votações do Congres

  • Marcelo -

    Se é membro da seita corruPTa, pode-se afirmar com a mais absoluta certeza: É BANDIDO !

Ler 23 comentários