Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vieira: "Orçamento do Brasil não tem passado de uma peça de ficção"

"Com um presidente preocupado em manter seu poder de compra sob o Centrão, dificilmente teremos o melhor resultado", disse o senador, em artigo
Vieira: “Orçamento do Brasil não tem passado de uma peça de ficção”
Foto: Pedro França/Agência Senado

Em artigo publicado neste domingo (21), o senador Alessandro Vieira, pré-candidato à Presidência pelo Cidadania, defendeu a necessidade de discutir o orçamento público no Brasil.

Segundo o senador, o orçamento se tornou uma peça de ficção.

O Orçamento no Brasil não tem passado de uma peça de ficção. Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), Lei Orçamentária Anual (LOA), em tese, deveriam servir como norte para um planejamento de país. No entanto, o que temos visto governo após governo é um jogo de quebra-cabeça em que as peças não se encaixam e acabam por formar uma imagem turva do que gostaríamos de ser.”

Vieira criticou o modo como as despesas livres de definição prévia (discricionárias) se tornaram o centro das atenções, como emendas parlamentares. Segundo o senador, o mecanismo deveria ser usado apenas para corrigir distorções.

O pré-candidato ainda criticou a incorporação do Ministério do Planejamento ao Ministério da Economia promovida pelo governo de Jair Bolsonaro. Para Vieira, “uma estrutura se tornou grande demais para a pequena capacidade de gestão deste governo.

“Com parlamentares mirando na poupança eleitoral e um presidente preocupado em manter seu poder de compra sob o Centrão, dificilmente teremos o melhor resultado. Ou começamos quanto antes a construir um país em bases verdadeiramente sólidas, ou tudo que teremos será uma nação sempre prestes a ruir.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....