Villas Bôas indica general para equipe de Toffoli

A Coluna do Estadão informa que Dias Toffoli convidou o ex-comandante do Estado-Maior do Exército general Fernando Azevedo para assessorá-lo na Presidência do STF, por indicação do general Villas Bôas.

A posse de Toffoli será amanhã.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Convidou não, foi obrigado após o atentado ao Jair Bolsonaro, para não fazer mais merda ainda… Tem muita gente do exercito de olho em tudo e com o tanque de guerra em prontidão!

Ler mais 83 comentários
  1. Convidou não, foi obrigado após o atentado ao Jair Bolsonaro, para não fazer mais merda ainda… Tem muita gente do exercito de olho em tudo e com o tanque de guerra em prontidão!

  2. São os mais perigosos inimigos do Estado de Direito, o risco é enorme! Se um General põe seu conhecimento e facilidade de acesso a rede de segurança do Exercito o prefeito do crime é garantido!

  3. Ainda que o General não suma responsabilidade, quando membros das Forças Armadas se alia a outro Poder possibilita Crime Contra o Estado, o único serviço é de obstrução e impunidade ante a mort

  4. 3 sérios problemas: (1) geração passada ocupando vaga da geração presente, a cada dia só agrava esses crimes e o Brasil para; (2) desrespeito à Lei, imbróglios de 3 poderes; (3) mão de obra c

  5. Patetas, isso mostra que o Exército está bem amiguinho do STF, que são parceiros, até porque um Exército digno jamais apoiaria o Toffoli , advogado do PT e pensionista de 100 mil da Ex Mulher

    1. Você, inteligente e bem informado parecendo uma bailarina no meio do tiroteio é que sabe o que tá acontecendo. Serto!

  6. Esse Toffoli, Gilmarzinho, Lewandowski – Os Tres Patetas – estão na linha de tiro das FFAA. A “Facada” saiu pela culatra. Teremos um Capitão presidente e um General Vice já no 1º Turno.

  7. A intervenção militar começou com o impeachment de Dilma e seguirá até a posse do novo presidente. Temer é só figura ilustrativa que tem limitações para se mexer. A esquerda será varrida. Ag

    1. Eu não acho nada disso. Pra mim isso se chama “MEDO”. Ele esta querendo o General para chamar de seu. Bolsonaro é só um Capitao.

  8. ali nao é um general mas, um ‘fiscal de linha’…esta la p. avisar Villas Boas se alguem do STF nao fara de surpresa uma presepada cruzando a risca feita no chao…digamos, um bedel de Lewandovsky.

    1. 😠 se for como você diz, é igual à notícia da rejeição, antiga, pelo tse, da queixa contra o Geraldo 1533. Igual a aquele serviço que você guarda para quando faltar, nesse caso, falta de not

    1. Nunca tive dúvida, seria interessante investigar porque…algum filho? genro? etc etc envolvido em falcatruas? por que Mourão abriu a boca ainda na ativa?

  9. Parece que o Gal vai dizer o que deve ou não deve fazer. É de certa forma uma intervenção. O Tofoli não tem a menor credibilidade. Muita reação contra a posse dele na presidencia do STF.

  10. A intervenção militar começou no governo Temer, e ira firme no governo BOLSONARO. Se realmente se confirmar a noticia, vamos ter um general de olho nestes ministros do STF. BOLSONARO e MURÃO 2018.

  11. Esse fedegoso querendo desmoralizar o comando do exército ou,. . porque ser assessor de um marginal com as marcas de serviçal da bandidagem desonesta, o cara precisa ter pouco apreço por sua image

  12. Os atuais Comandantes das Forças são os grantidores das Organizações Criminosas que mandam e desmandam no Brasil nos últimos vinte anos! O povo deve ficar atento ao uso das Forças pelo crime. JB

  13. Como é que é? Um ex-comandante do Estado-Maior do Exército vai se sujeitar a um corrupto lavador de dinheiro que recebe 100 mil reais de mesada suja com a benção do general Villas Bôas? Inacredi