Vire herói, Cunha

Ao revogar a questão de ordem da oposição contestada no STF, que estabelecia um rito para o impeachment, Eduardo Cunha puxou totalmente para si a responsabilidade para aceitar ou não o pedido de impeachment assinado por Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e Janaina Paschoal…

Se aceitar, Eduardo Cunha vira herói nacional.

Veja mais:

Exclusivo: Cunha acusa STF de “nítida interferência” no Legislativo

Exclusivo: Impeachment é assunto da Câmara

Faça o primeiro comentário