Viviane Senna nega ter sido convidada para ministério da Educação

Telegram

Em entrevista ao Estadão, Viviane Senna diz que visitou Jair Bolsonaro às vésperas do segundo turno, mas nega que tenha recebido convite para o cargo de ministra da Educação.

“Não tem esse convite, só tem um pedido para ajudar na educação. Eu convidei o Ricardo Paes de Barros [economista do Instituto Ayrton Senna] para ir comigo. São elementos que estão sendo trazidos para a mesa para que se possa ter passos bons pela frente (…).

Já fui convidada três vezes para ser ministra por governos anteriores. Meu objetivo não é esse”.

Comentários

  • Presidente-XVII -

    Técnicas poderiam ser usadas pra ajudar no ensino básico e, principalmente, pra ajudar professores na pedagogia. Mas o instituto também tem seus contras, como a BNCC, e ligações globalistas.

  • Sueli -

    É lamentável ver tanta gente, nos comentários, dando palpite sem ter o mínimo conhecimento. Coitado do Bolsonaro.

  • Marcela -

    Ufa, ainda bem, agora fiquei aliviada.

Ler 19 comentários