Você devia ter falado comigo…

A coluna Expresso, da Época, publica que o constitucionalista Michel Temer acha que Eduardo Cunha avançou o sinal, “ao apresentar embargos de declaração ao STF antes da publicação do acórdão do julgamento que definiu o rito do impeachment”. Para ele, isso diminui a chance de o tribunal acatar os embargos de Cunha.

O que o vice-presidente Michel Temer está querendo dizer é que Eduardo Cunha deveria tê-lo consultado antes, para fazer tudo certinho.