Vota a presidente do STF: “A delação não esteve em julgamento”

Cármen Lúcia, enfim, vota no julgamento envolvendo a delação da JBS:

“Nessas quatro sessões, não esteve em julgamento o instituto da delação premiada.”

A presidente fala em fortalecimento do instituto, que foi essencial para deixar o país estarrecido com o que foi revelado.

Faça o primeiro comentário