Votação da PEC do Fundeb no Senado é adiada em uma semana

Votação da PEC do Fundeb no Senado é adiada em uma semana
Novo Coronavírus - Corredores vazios do Senado Federal Entre as ações tomadas na prevenção ao novo coronavírus, algumas delas impactam na rotina administrativa e legislativa da Casa. As primeiras ações incluíram restrições a visitantes e evoluíram até o teletrabalho e a votação parlamentar remota, marco tecnológico para o Poder Legislativo. Foto: Pedro França/Agência Senado

O Antagonista apurou que a votação da PEC do Fundeb no Senado foi adiada em uma semana. Prevista inicialmente para a quinta-feira da próxima semana (6), a votação agora ficou para o dia 13 deste mesmo mês.

Provavelmente, a PEC do Fundeb será o último grande assunto a ser votado no Senado em sessões virtuais. Davi Alcolumbre pretende, aos poucos, retomar as atividades presenciais na Casa a partir da segunda quinzena de agosto.

A PEC do Fundeb foi aprovada na Câmara na semana passada, com pouquíssimos votos contrários, incluindo o da deputada federal Bia Kicis (PSL), que acabou, em razão do seu posicionamento contrário à orientação do Planalto, entre outros motivos, perdendo a função de vice-líder do governo no Congresso.

O senador Flávio Arns (Rede), escolhido relator da PEC, disse a O Antagonista que o Senado deve aprovar o texto que saiu da Câmara, evitando uma nova análise pelos deputados — releia aqui.

Leia aqui o que muda com a PEC do Fundeb.

Leia mais: Major Olímpio sobre Bolsonaro: 'Tivemos um rompimento de ordem pessoal justamente por ele me pressionar para tirar assinatura da CPI da Lava Toga, para retirar pedidos de impeachment contra ministros do STF, para defender o filho'
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO