Votação na terça

Rodrigo Maia, agora, anuncia que a votação ficou para terça-feira da próxima semana.

Ele justificou:

“Não conseguimos convergir”.

Um pouco mais de tempo, segundo ele, será necessário “para não aprovar o que não se deve aprovar”.