“Só votamos porque o presidente Bolsonaro pediu”, diz Hauly sobre reforma tributária

O deputado Luiz Carlos Hauly entrou em contato com O Antagonista para dizer que a votação da reforma tributária na comissão especial da Câmara foi feita a pedido de Jair Bolsonaro.

“Só votamos porque o presidente Bolsonaro pediu. Ganhamos dois anos para o futuro governo. Adaptações poderão ser feitas no plenário da Câmara ou no Senado”, diz, rebatendo críticas da equipe econômica.

Segundo Hauly, o projeto aprovado é consenso e harmoniza o modelo tributário interno com os parâmetros da OCDE.

Uma apuração minuciosa feita em Brasília revela as principais decisões de Paulo Guedes, o posto Ipiranga do futuro presidente, e sua equipe. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 18 comentários
  1. O problema não é só unificar, tem q baixar a carga tributária!!! No Japão o IVA está em 8%, no Brasil, um ovo de páscoa(cacau nacional) tem de uma carga tributária de 38%. TEM Q BAIXAR OS IMPO

    1. Tem mais, seu inseto!: 1.ao contrário do 247…o antagonista não recebeu milhões do governo!2. O Bolsonaro é presidente eleito agora! 3. E o LULA TÁ PRESO BABACA!

    2. Um amante de ladrões querendo comparar o Antagonista, com os comunistas do 247 e os blogs sujos, que só postam Mentiras, e ficam chorando a prisão do Lula. Vai pra lá então esquerdista lixo.

    3. Será que até o final de janeiro sai a segunda condenação do presidiário. É triste. Mas é Real. Roubou. Processo andou. Deu cadeia!

    1. Onde vc viu isso aí que vc afirmou? Teria como me passar o link? Mande pro meu email se tiver como, JeffersonDouglas_JD@hotmail.com