ACESSE

Votos no julgamento da homofobia ficam para amanhã

Telegram

Dias Toffoli anunciou há pouco que, na sessão de hoje do STF, apenas será feita leitura de relatórios e fala das partes em plenário, no julgamento que poderá criminalizar a homofobia.

Os votos dos 11 ministros, que discutirão se há omissão do Congresso em legislar sobre a questão e se é devida indenização às vítimas de discriminação, começa amanhã.

Hoje, além da leitura de dois relatórios pelos ministros Celso de Mello e Edson Fachin (para resumir as ações do PPS e da ABGLT), 9 advogados estão inscritos para a sustentação oral.

Descubra Como Funciona O “Jogo Sujo” do Congresso Veja aqui!

Comentários

Os comentários estão desabilitados