“Vou rezar por vocês”

O Antagonista soube que, em recente reunião com representantes da Unimed, Ricardo Barros disse que iria “rezar” pela empresa, que enfrenta graves problemas financeiros.

Quem participava do encontro ficou constrangido pelo ministro, que se levantou e foi embora após prometer as preces.

Para aprovar seu “plano popular de saúde”, Barros não está muito interessado na ressurreição da Unimed.

Faça o primeiro comentário