Waldery estava na mira de Bolsonaro desde o ano passado

Waldery estava na mira de Bolsonaro desde o ano passado
Foto: Fabio Pozzebom/Agência Brasil

O secretário da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, que será demitido por Paulo Guedes depois do impasse em torno do Orçamento, já estava na mira de Jair Bolsonaro desde o ano passado, diz a Crusoé.

“Em setembro, Guedes agiu para mantê-lo no cargo após críticas do presidente Jair Bolsonaro à proposta de congelamento de aposentadorias e pensões por um período de dois anos e de imposição de limitações na concessão do BPC como alternativa para o financiamento do Renda Brasil.”

Na ocasião, Waldery levou um “cartão vermelho”.

Leia mais aqui.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO