Waldir repete que Bolsonaro é "vagabundo"

Telegram

Delegado Waldir, em entrevista ao Estadão, repetiu que Jair Bolsonaro é “vagabundo”:

“Eu não menti. Ele me traiu. Se precisar, eu repito dez vezes. Eu fui um dos quatro votos para ele, contrariando meu partido na época, o PR. Votei no Bolsonaro. Recusei 2,5 milhões de reais em emendas parlamentares na época e vim para o PSL. Andei 246 municípios no sol. Fui chamado de louco ao defender Bolsonaro. Ele nunca me recebeu e agora me traiu ao pedir ao Bivar, por proposta do Major Vitor Hugo e do governador de Goiás Ronaldo Caiado, o diretório do Estado. Então, é vagabundo.”

Comentários

  • Hepson -

    Vai ter que repetir e provar na Justiça que o Presidente é um vagabundo. É bom fazer poupança para pagar pelos crimes de calúnia, difamação e injúria, além de passar vergonha publicamente.

  • RobertoFromCWB -

    Sr Del Waldir sinto em dizer mas todo o politico, é "vagabundo", uns mais outros menos, o sr. é pior que isso é um malandro de alcova.

  • Laura -

    Provérbio português: quem fala muito acaba dando Bom Dia a cavalo.

Ler 112 comentários