Walter Faria e o ‘caixa 3’ de 120 milhões

A Folha lembra que a Cervejaria Petrópolis, a pedido da Odebrecht, verteu cerca de R$ 120 milhões em campanhas de diversos políticos entre 2008 e 2014.

Um relatório da PF com detalhes dos repasses, feitos por meio do Meinl Bank e empresas de fachada, integra um dos inquéritos contra Rodrigo Maia.

A Lava Jato ainda tenta identificar todos os beneficiários das doações não registradas, chamadas de “caixa 3”.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. A receita Federal prevaricou? disse:

    Considero que a questão só está sendo avaliada e investigada por questionamento de lei eleitoral. E a Receita Federal? Por certo, empresas que " doaram" tão generosamente em conchavos para políticos tiveram suas dívidas fiscais perdoadas, omitidas, quiçá esquecidas pela Receita Federal, que aliás TEM MUITO A SE JUSTIFICAR por que ali a prevaricação foi MUITO GRANDE.

Ler comentários
  1. Só Rindo disse:

    A safadeza sem limites. Esse é o esquema: protelar ou arquivar tudo que for contra esses canalhas. E estão agindo sob o manto do pior STF já instituído no Brasil.

  2. José Carlos disse:

    Não foi o Valter que esteve envolvido com o Marcos Valerio sobre um dossiê falso para comprometer um delegado da Secretaria da Fazenda do Estado de SP?

  3. Adalberto Pires da Anunciação disse:

    Caramba, Antagonistas! Primeiro Janot, depois Marcelo Miller e, agora, Rodriguim Maia metido em mais uma trapalhada, hein? Aquele mesmo rapaz que vocês queriam porque queriam ver instalado como presidente - mesmo tendo-o denunciado aqui, em abril, por corrupção - durante aquela maracutaia derrotada, exposta e desmoralizada de vocês, certo? Isto é mais um vexame dos bons para vocês e nova prova irrefutável da"Praga do Antagonista", a urucubaca mortal que os assola e derruba tudo e todos que vocês apóiam...

  4. Lourival Nascimento disse:

    Reporta a Folha de São Paulo o suposto uso de caixa 3 pelo Rodrigo " Botafogo " Maia. O que está fora da Lei deve ser punido mesmo, mas fico imaginando a fúria justiceira seletiva de O Antagonista, se a citação fosse contra o Temer, Lula, Tucanos, Jucá e outros alvos preferenciais de O Antagonista. Como Rodrigo " Botafogo " Maia priva da intimidade com a Globo, patrocinadora oficial da frustrada tentativa de apear o Temer, não adiantaram os almoços e jantares com a turma do Projac, onde O Antagonista tinha assento. Imprensa parcial é pior que imprensa nenhuma. Fica reduzida a " notinhas "

  5. Carlos A M Lemos disse:

    O governo do Piauí deve ter retribuído doação para isentar a cervejaria Petrópolis de imposto.

  6. Maira Trindade disse:

    Filho paipai de ratazana poderia ser o quê? O problema da abjeta prole é que querem ser ser sempre melhores do que seus genitores. No caso, melhores ladroes, melhores mentirosos, melhores mau caráteres. Tudo, sempre, sob a benção e louvor do $TF, com seus sinistros, caquéticos e igualmente corruptos beiçolas no comando.