Walter Torre relata encontros com tesoureiro do PT

Em seu depoimento à PF, obtido por O Antagonista, o empresário Walter Torre revelou que foi procurado por Paulo Ferreira, quando tesoureiro do PT, em busca de doações para campanhas.

Disse que, em 2012, tratou com Ferreira, que está preso, sobre “possíveis projetos para melhorar os procedimentos de aprovação de projetos de engenharia na Prefeitura de São Paulo”.

Walter contou também que se reuniu com outas construtoras, em 2010, “para doar computadores e sistemas informatizados à Prefeitura de São Paulo”. “Paulo Ferreira estava de alguma forma envolvido nisso”, afirmou.

Ele garantiu à PF que nunca doou para o caixa 2 do PT.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200