Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Wassef ataca procuradora que pediu para arquivar investigação sobre o Coaf

Relatório do conselho sobre movimentações financeiras do advogado da família Bolsonaro revelou que ele havia recebido pagamentos de R$ 9,8 milhões da JBS
Wassef ataca procuradora que pediu para arquivar investigação sobre o Coaf
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Frederick Wassef, o advogado da família Bolsonaro, criticou a procuradora Márcia Brandão Zollinger após ela pedir o arquivamento de inquérito aberto para investigar o Coaf, devido ao vazamento de um relatório sobre as movimentações financeiras de Wassef.

Noticiado pela Crusoé, o relatório revelou pagamentos de R$ 9,8 milhões da JBS ao advogado. Wassef alegou que a procuradora “está passando por cima do TRF-1 e também do STJ, descumprindo decisão daquela corte superior”.

LEIA AQUI a reportagem de Ana Viriato na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO