Wassef bancou 30% da campanha eleitoral de Luiza Eluf

Wassef bancou 30% da campanha eleitoral de Luiza Eluf
Divulgação

A denúncia apresentada hoje contra Frederick Wassef afirma que seu vínculo com a advogada Luiza Eluf — que lhe repassou R$ 2,6 milhões desviados da Fecomércio-RJ, segundo a Lava Jato — é reforçado pelo fato de ele ter doado R$ 100 mil para a campanha eleitoral dela em 2010.

Na época, Eluf concorreu a deputada federal pelo PV, mas não foi eleita.

A prestação de contas, disponível na Justiça Eleitoral, registra que a doação foi feita em duas parcelas de R$ 50 mil, transferidas nos dias 2 e 3 de agosto.

O total de receitas da campanha foi de R$ 342.523,33. Wassef, portanto, bancou quase 30% da campanha, e foi a pessoa física que mais contribuiu (veja a lista completa de doadores abaixo).

Em agosto, O Antagonista revelou que Eluf levou Wassef num encontro que teve com Michel Temer em 18 de outubro 2011, quando estava no exercício da Presidência da República. Disse que esteve em Brasília para pedir apoio de Temer à sua candidatura para vereadora pelo MDB.

Os repasses de Eluf para o escritório de Wassef ocorreram entre dezembro de 2016 a junho de 2017. Os dois foram acusados de peculato e lavagem de dinheiro.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários
TOPO