ACESSE

Weintraub é intimado pela Comissão de Ética a prestar esclarecimentos

Telegram

A Comissão de Ética da Presidência intimou Abraham Weintraub a prestar esclarecimentos sobre a declaração feita na reunião de 22 de abril, quando ele defendeu a prisão de ministros do STF, a quem se referiu como “vagabundos”, informa Fabio Leite na Crusoé.

Por causa da declaração, Weintraub já foi intimado a depor à PF por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF, no inquérito aberto para investigar ameaças e ofensas aos magistrados da Corte.

Na última sexta-feira, Weintraub foi até a PF para prestar depoimento, mas ficou em silêncio.

Leia também: STF x Bolsonaro

Comentários

  • Lilia -

    O fanfarrão voltará a ficar de boca fechada. Só mostra valentia entre os seus iguais.

  • RUI -

    Depois de todas as confusões que armou, Weintraub recebe como prêmio do não-presidente ter de "BATER CONTINÊNCIA" todo dia para o CENTRÃO! É pouco o castigo para sua subserviência!

  • Flávio -

    Helenolixo!

Ler 27 comentários