Weintraub espera liberação de R$ 2 bilhões ao MEC

Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, Abraham Weintraub afirmou que o descontingenciamento estimado em R$ 15 bilhões, que deve ser anunciado pelo governo nos próximos dias, também vai beneficiar o MEC.

Segundo o ministro, a expectativa da pasta é de contar com mais R$ 2 bilhões.

“No começo do ano, os gastos foram contingenciados em R$ 30 bilhões. Na educação, foram R$ 5 bilhões, enquanto outras pastas, como a da Defesa, foram muito mais prejudicadas. Fomos privilegiados em um primeiro momento e, agora, no descontingenciamento, a gente deve receber, eu acredito, uns R$ 2 bilhões”, projeta o ministro da Educação.

Weintraub também disse que, apesar de lentamente, a economia brasileira está se recuperando.

“A gente ainda está lidando com a quebra do país. O país está quebrado, mas fiscalmente a gente está começando a colocar tudo de pé. Os indicadores econômicos estão visivelmente melhorando, há geração de emprego, aumento de investimentos. Os indicadores do PIB surpreenderam, há aumento de consumo e vendas no varejo. Isso é muito forte, muito positivo.”

"Como destravar a universidade pública." Leia mais

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. EElisabete disse:

    RGV2ZSBzZXIgcGFyYSBjcmlhciBhcXVlbGFzIG1pbGhhcmVzIGRlIGVzY29sYXMgbWlsaXRhcmVzIHF1ZSBvIEJvem8gYW51bmNpb3UgcHJhIGRlaXhhciBhIHN1YSBtYXJjYSBjb21vIG9zIEJyaXpvbG9lcyBubyBSaW8gcXVlIG7jbyBzZSBzdXN0ZW50YXJhbS4gQ3VpZGEgZGFzIGVzY29sYXMgcXVlIGV4aXN0ZW0uIA==

Ler comentários
  1. João disse:

    QSByZWN1cGVyYefjbyBlY29u9G1pY2Eg6SB1bSBmYXRvLiBNYXMgYXMgcmVmb3JtYXMgc+NvIHVyZ2VudGVzIGUgbmVjZXNz4XJpYXMgcGFyYSBvIGRlc2Vudm9sdmltZW50byBlY29u9G1pY28gZSBzb2NpYWwgZG8gcGHtcyA=

  2. John disse:

    UG9yIG1pbSBkZWl4YXZhIGNvbnRpbmdlbmNpYWRvLiBHYXN0YXIgZW0gaW5mcmFzdHJ1dHVyYS4gT3MgZXN0dWRhbnRlcyBxdWUgbuNvIGVzdHVkYW0gZSBpbnRlbGVjdHVhaXMgcXVlIG7jbyBwZW5zYW0gcXVlIHbjbyBidXNjYXIgbm8gc2V0b3IgcHJpdmFkbyBmaW5hbmNpYW1lbnRvLg==

  3. Toldos disse:

    QSBHbG9ibyBu428gcGFyYSBkZSBjaG9yYWRlaXJhIHBvciBjb250YSBkZXNzZXMgImNvcnRlcyBuYSBlZHVjYefjbyIuIA==

  4. Marcela disse:

    TWluaXN0cm8gcGVnYSB1bnMgZG9pcyBiaWxo9WVzIGUgcPVlIG5hcyBt429zIGRvcyBlc3R1ZGFudGVzIGRlIGVzcXVlcmRhIHBhcmEgY29tcHJhcmVtIGNyYWNrICEgVGFsdmV6IG1vcnJhbSE=

  5. Antonio disse:

    TuNvIGVzcXVl52EgcXVlIHRvZG9zIG9zINNyZ+NvcyBGZWRlcmFpcywgdGlwbyBVbml2ZXJzaWRhZGVzIGUgbyByZXN0byBlc3TjbyBhaW5kYSAoSW4pZGV2aWRhbWVudGUgQVBBUkVMSEFET1MsIG8gR292ZXJubyBlc3ThIGltcG90ZW50ZSBlbSBhcGVhciBlc3NlcyBCQU4gREkgRE9TIGRlc3NlcyBjYXJnb3Mu

  6. Chrisoula disse:

    RGV1IHRiIGFsZ3VucyBleGVtcGxvczogIFVGUkogZSBvdXRyYXMgOCBmYWMuIGZlZGVyYWlzIHRlbSBvcudhbWVudG8gYW51YWwgZGUgbWFpcyBkZSBSJCAzIGJpbGj1ZXMuICBUZW0gbXVpdGEgY2lkYWRlIHEgbuNvIHRlbSBlc3RlIG9y52FtZW50by4gIERldGFsaGU6IGZhbHRhIHRyYW5zcGFy6m5jaWEgbm9zIGdhc3Rvcy4gRmFsdGEgZ2Vz