WhatsApp bane mais de mil contas de disparos em massa sobre eleições

WhatsApp bane mais de mil contas de disparos em massa sobre eleições
Foto: Webster2703/Pixabay

O WhatsApp baniu 1.004 contas que faziam disparos em massa e automatizados de mensagens relacionadas às eleições deste ano.

A medida é fruto de uma parceria com o TSE para combater a disseminação de fake news nas campanhas. Usuários do aplicativo puderam denunciar mensagens sobre a disputa oriundas de números desconhecidos, com texto genérico ou enviadas para vários grupos ou pessoas.

Foram feitas mais de 4,7 mil denúncias entre 27 de setembro e 15 de novembro.

Foram banidas apenas contas com indícios de que eram usadas somente para disparos em massa e automatizados — em geral, elas não pertencem a usuários comuns, mas a empresas especializadas nesse tipo de serviço, que é ilegal na campanha eleitoral.

A parceria do TSE com o WhatsApp não analisa o conteúdo nem rastreia a origem das mensagens, apenas o “comportamento inautêntico” das contas.

Leia mais: As revelações feitas pelo Antagonista e pela Crusoé são inúmeras.
Mais notícias
TOPO