Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Wilson Lima pede ao STF para não comparecer à CPI da Covid

Defesa diz que governador do Amazonas tem foro no STJ, onde é investigado por suposta fraude em licitação para compra de ventiladores pulmonares
Wilson Lima pede ao STF para não comparecer à CPI da Covid
Foto: Isac Nóbrega/PR

O governador do Amazonas, Wilson Lima, apresentou um habeas corpus ao Supremo para derrubar sua convocação para  a CPI da Covid — o comparecimento é obrigatório e o depoimento está marcado para a próxima quinta-feira (10).

Na ação, a defesa do governador disse que, por ser investigado no Superior Tribunal de Justiça, por supostos desvios de verbas federais para o combate à pandemia, a CPI não poderia obrigá-lo a depor.

O paciente WILSON MIRANDA LIMA, Governador do Estado do Amazonas, está sendo convocado para submeter-se a investigação análoga à de caráter marcadamente criminal — o que de si já é de todo inadmissível em sede de CPI –, sendo certo, ademais, que os fatos que constituem o objeto de sua convocação relacionam-se a investigações criminais em curso perante a Polícia Federal, a Procuradoria-Geral da República e o eg. Superior Tribunal de Justiça, onde o paciente tem foro por prerrogativa de função“, diz o HC.

Wilson Lima foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República por suspeita de fraudar e direcionar licitação para compra de 28 ventiladores pulmonares, no âmbito da Operação Sangria.

O pedido será analisado por Rosa Weber.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO