Witzel aciona STF para retomar cargo

Witzel aciona STF para retomar cargo
Foto: Philippe Lima

A defesa de Wilson Witzel entrou com um habeas corpus no STF para tentar reconduzi-lo ao cargo.

Esta é a segunda vez que o governador afastado apresenta um pedido ao Supremo para voltar ao Palácio Guanabara. O primeiro foi negado por Dias Toffoli.

No HC, a defesa de Witzel argumenta que nenhum fato concreto foi apresentado na denúncia contra o governador.

“Nenhum elemento concreto, específico e individual, no entanto, foi indicado pela gravíssima decisão de afastamento do governador, não sendo demais insistir que, desde a decretação da primeira busca e apreensão, há 03 (três) meses, nenhum comportamento inadequado pode ser a ele atribuído, que não apenas exonerou todos os Secretários mencionados na decisão questionada, como vem se comportando com inquestionável respeito, lealdade e boa-fé no contexto das investigações.”

Leia mais: DIOGO MAINARDI: O ABUSO DO JUDICIÁRIO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO