Witzel diz que polícia prendeu 500 milicianos no Rio em 2019

O governador Wilson Witzel (PSC) disse à TV Globo que a Polícia Militar do Rio de Janeiro nunca teve um enfrentamento tão grande do crime organizado.

Para ele, os criminosos estão “usando as comunidades como escudo” e “infelizmente estão muito armados”.

Witzel afirmou, no entanto, que há mais policiais nas ruas e que em 2020 o foco continuará sendo a “asfixia do crime organizado”.

“Lembrando que já prendemos 500 milicianos esse ano e foram mais de R$ 80 milhões em bens [apreendidos].”

Comentários

  • Eduardo -

    Milícia é a escória de satanás. E tinha a esposa e a mãe do chefe do escritório do crime miliciano foragido adriano dentro do gabinete do flávio queiroz. Que tipo de assessoria elas prestavam?

  • Bravo -

    Sandra, pra imprensa, que não tem moral nenhuma, Bolsonaro matou Marielle, colocou fogo na floresta, derramou óleo nas praias, enfiou uma faca no abdômen. Kkkkk. Bolsonaro e Moro 2022.

  • josé -

    O que sustenta os milicianos?Drogas?Libere e controle.Armas?Cerquem as fronteiras com tecnologias existentes.Comércio ilegal nas favelas?Fiscalização protegida.Mas,o efetivo é acabar com favelas.

Ler 42 comentários