Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Witzel diz ter 'fato gravíssimo' para revelar em segredo na CPI

Ex-governador era questionado sobre intervenções do governo federal no estado, incluindo mudança no comando da PF
Witzel diz ter fato gravíssimo para revelar em segredo na CPI
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

No depoimento à CPI da Covid, Wilson Witzel disse ter um “fato gravíssimo” para revelar para os senadores, mas que, segundo ele, só poderá ser declarado numa sessão secreta.

Ele estava sendo questionado por Randolfe Rodrigues sobre “intervenções indevidas” do governo federal no Rio de Janeiro, incluindo mudança do comando da Polícia Federal no estado.

“Há um fato que vou manter em sigilo e se houver a sessão em segredo de Justiça, vou revelar. Um fato gravíssimo. Envolve intervenção do governo federal em meu governo.”

Mais cedo, como mostramos, o presidente da comissão, Omar Aziz, pediu à área jurídica do Senado para organizar a sessão secreta.

Depois, Witzel foi questionado por Aziz se ele comunicou Bolsonaro sobre o depoimento do porteiro de condomínio que mencionou o nome do presidente no caso Marielle Franco.

“Essa pergunta só posso responder se a CPI adotar o procedimento do segredo de Justiça, porque os fatos são graves”, afirmou.

Pediu que uma sessão secreta fosse feita em outro dia para que pudesse levar provas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO