Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sem dar explicações, Witzel encerra depoimento à CPI da Covid

Ex-governador pediu para se retirar no momento em que era questionado por senadores governistas; ele conseguiu HC no Supremo para ausentar-se
Sem dar explicações, Witzel encerra depoimento à CPI da Covid
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Antes do término previsto para seu interrogatório na CPI da Covid, Wilson Witzel resolveu deixar a sessão. Ele comunicou a decisão ao presidente da comissão, Omar Aziz, no momento em que era questionado por senadores governistas.

Valeu-se do habeas corpus que conseguiu ontem no Supremo, que permitiu que ele se ausentasse.

“Agradeço a oportunidade, senhor presidente, agradeço as perguntas e temos certeza que muito temos a contribuir futuramente, muito obrigado”, disse.

Aziz disse que não havia o que fazer.

“Ele acabou de me comunicar que quer se retirar da sessão e a gente não pode fazer absolutamente nada.”

Antes, Witzel foi chamado de leviano por Jorginho Mello (PL-SC) e bateu boca com Flávio Bolsonaro. Ele só deixou a comissão no meio das perguntas de Eduardo Girão (Podemos-CE), mais de uma hora após discutir com Flávio.

Curiosamente, a desistência foi comunicada depois que O Antagonista sugeriu à CPI questionar o ex-governador sobre as acusações de ‘caixa 2’, feitas pelo delator da Operação Calvário.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO