Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Witzel entra com habeas corpus no STF para não depor na CPI da Covid

Witzel pede que sua convocação seja transformada em convite
Witzel entra com habeas corpus no STF para não depor na CPI da Covid
Foto: Brunno Dantas/TJRJ

O ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel apresentou um habeas corpus ao Supremo para derrubar sua convocação para a CPI da Covid — o comparecimento é obrigatório e o depoimento está marcado para a próxima quarta-feira (16).

Witzel pede ao STF para que sua convocação seja transformada em convite. Além disso, o ex-governador quer ficar em silêncio, caso opte por comparecer à CPI.

A defesa do ex-governador alega que ele foi convocado para prestar esclarecimentos sobre operações da Polícia Federal e da Procuradoria-Geral da República “que se baseiam única e exclusivamente na palavra de um delator desguarnecido de qualquer prova para comprovar suas alegações.”

“Desta forma, fica evidente que a convocação do paciente na qualidade de testemunha, configura verdadeiro subterfugio ilegal para obrigar o paciente a comparecer compulsoriamente para prestar depoimento perante a CPI”, afirma a defesa do ex-governador.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO