ACESSE

Witzel recua após críticas de generais

Telegram

Após críticas dos generais que comandam a intervenção no Rio, Wilson Witzel recuou da ideia de extinguir imediatamente a Secretaria de Segurança do estado, informa o UOL.

A equipe de transição do governador eleito anunciou hoje a criação de uma pasta temporária, que funcionará ao menos até junho de 2019, e a indicação de Roberto Motta –um dos fundadores do Partido Novo, hoje no PSC– para chefiá-la.

Em sua campanha, Witzel prometeu acabar com a Secretaria da Segurança para dar status de secretários aos chefes das polícias Civil e Militar.

Este é o assunto desta semana. E da próxima semana. Você tem mesmo as melhores informações a respeito? CLIQUE AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 23 comentários