ACESSE

Witzel, sobre caso Marielle: "Dodge está politizando a situação"

Telegram

Wilson Witzel manifestou hoje sua “mais absoluta discordância” em relação ao pedido de Raquel Dodge para que as investigações sobre o assassinato de Marielle Franco sejam federalizadas.

“Registro a mais absoluta discordância em relação ao pedido de federalização. Com todo o respeito a Raquel Dodge, ela está politizando a situação. Será que a Polícia Federal vai ser melhor que a Polícia Civil?”, questionou o governador do Rio.

Witzel disse mais:

“A PF não tem ‘expertise’ nenhuma sobre crime de homicídio, não tem departamento de homicídios. E o juiz federal não tem habilidade de fazer tribunal do júri.”

Como dissemos mais cedo, Raquel Dodge só queria um grande final na PGR.

OUTUBRO: O DESMONTE DO BRASIL QUE A LAVA JATO TENTOU CONSTRUIR? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Rogério -

    Um júri federal pode ser tão bom quanto um estadual. O juiz federal preside os trabalhos e prolata a sentença. Não tem mistério. Mas seria bom também atuar no júri o MP estadual.

  • Rogério -

    A PF sabe investigar sim crimes de homicídio. E conta com uma estrutura pericial bem melhor do que a PC do RJ, que, aliás, precisou de peritos do MP pra elucidar a autoria material.

  • JOSE -

    Raquel Dodge, tuiuiú que já vai tarde!

Ler 11 comentários