De onde veio o repasse de R$ 2 milhões para Dilma

Na acareação de hoje na CPI da Petrobras, Alberto Youssef disse que “outro delator” da Lava Jato vai esclarecer “em breve” o repasse de R$ 2 milhões da cota do PP para Antonio Palocci, coordenador da campanha de Dilma em 2010.

“Vou me reservar ao silêncio porque existe uma investigação nesse momento do Palocci e logo vai ser revelado”, disse o doleiro.

O Antagonista foi informado por integrante da Lava Jato que os R$ 2 milhões repassados a Palocci vieram da WTorre, sua cliente. A empresa ergueu o estaleiro Rio Grande e a sede da Petrobras no Rio.

A pergunta é: quem será o delator da WTorre e de Palocci?

Faça o primeiro comentário