Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Zambelli aciona Justiça por suspeição de Renan Calheiros na CPI da Covid

Zambelli aciona Justiça por suspeição de Renan Calheiros na CPI da Covid
Foto: Divulgação

A deputada federal bolsonarista Carla Zambelli (PSL) vai acionar a Justiça Federal em Brasília por meio de uma ação civil pública para tentar impedir que o senador Renan Calheiros (MDB) seja o relator da CPI da Covid no Senado.

Na ação, a deputada lembra que o alagoano é investigado em diversos processos no STF e é pai do atual governador de seu estado, Renan Filho (MDB).

Zambelli disse a O Antagonista:

Ele não pode relatar uma CPI na qual o filho dele será investigado. O principal foco da minha ação é o Renan Calheiros, pelo fato de ele ser o propenso relator, mas diversos integrantes da comissão são suspeitos. Jader Barbalho (MDB), por exemplo, que é suplente, também é pai de governador, Helder Barbalho (MDB), do Pará.”

Ela acrescentou:

“Essa CPI está lotada de integrantes que, de fato, só querem usar a comissão como palanque. Isso não é opinião, é fato.”

A parlamentar também alegou que “muitos senadores, como Tasso Jereissati (PSDB) e Randolfe Rodrigues (Rede), já começarão os trabalhos da CPI com opinião pré-estabelecida”.

“A CPI vai servir realmente mais para palanque eleitoral do que para investigar bilhões de reais repassados a estados e municípios e até eventuais omissões do governo federal. Tem que investigar tudo, a gente não tem medo de investigação.”

O ex-ministro do Turismo, deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL), acionou a PGR com os mesmos argumentos apresentados pela colega Zambelli.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO