Zanin ganhou R$ 1,5 milhão do fundo eleitoral

Lula está na cadeia.

Mas seu advogado, Cristiano Zanin, não pode reclamar.

A Folha de S. Paulo conta que a campanha do presidiário “registrou R$ 1,5 milhão em gastos eleitorais com o escritório de advocacia Teixeira, Martins Advogados, que defende o petista nos processos criminais da Lava Jato.”

Como já havia informado a Crusoé, o escritório de Eugênio Aragão faturou outros 900 mil reais.

Comentários

  • Dina -

    E ainda por cima nós pagamos os advogados dessa corja.

  • GASTAO -

    Trata-se de descarada lavanderia. Estes escritórios são todos ratos que habitam o mesmo esgoto. Milhares de reais sendo lavados nas barbas da Receita Federal. Qual a origem da grana?

  • Marçal -

    Qual a origem dos honorários?

Ler 124 comentários