Zelada trabalhando pela Schahin

Jorge Zelada, aquele que preocupa Michel Temer, substituiu Nestor Cerveró na Diretoria Internacional da Petrobras em 2008. Uma das primeiras decisões de Zelada foi manter na pauta da Diretoria Executiva a análise do contrato da sonda Vitória 10000 com o grupo Schahin.

Zelada foi indicado ao cargo pelo PMDB. A Schahin, antes de se aproximar do PT, já desfrutava da relação com o PMDB. Não é apenas Temer que precisa se preocupar com Zelada.