Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Zema: “Há uma certa perseguição a Bolsonaro”

Zema: “Há uma certa perseguição a Bolsonaro”
Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

Em entrevista à Folha, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, se esquivou de apontar responsáveis pelo colapso sanitário no Brasil e defendeu Jair Bolsonaro.

Eu acho que são exageradas [as críticas contra o presidente]. Se for esse o caso, podemos ter situação semelhante em vários países, que têm taxas de óbitos maiores que o Brasil. Aqui no Brasil mesmo temos estados que têm taxas de óbitos completamente diferentes de outros, e cidades também. Não vi nenhum governador ser chamado de genocida e nenhum prefeito. Me parece que há uma certa perseguição a uma pessoa. Ficar xingando, acusando a esta altura do campeonato não vai melhorar a situação.”

Bolsonaro é só uma gripezinha.

Leia mais: O furo de reportagem de O Antagonista sobre a mansão comprada por Flávio Bolsonaro em Brasília é dissecado na edição desta semana da Crusoé
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO