ACESSE

Zema vai iniciar gestão com corte de secretarias e comissionados

Telegram

Romeu Zema, governador eleito de Minas Gerais, decidiu iniciar sua gestão com corte de secretarias, cargos comissionados e a dispensa do palácio dos governadores.

A calamidade financeira do estado é a maior preocupação do novo governo, publica O Globo.

Para tentar tirar o estado da grave crise, o Partido Novo já se mobiliza para dar suporte ao governador eleito.

Com nomes como o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco e o empresário João Amoêdo, o Novo criou um conselho que auxiliará o governador mineiro.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 60 comentários