Zunga com Lulinha

Os portugueses estão investigando uma propina de 50 milhões de euros pagos ao PT para facilitar a fusão entre a Oi e a Portugal Telecom.

José Zunga Alves de Lima, o diretor da Oi que está na mira da Lava Jato, pode esclarecer a questão.

Ele era mais do que um simples amigo de Lula. Ele era a ponte entre Otávio Azevedo, presidente da Oi e da Andrade Gutierrez, e os negócios da família de Lula.

Em agosto de 2009, de fato, ele acompanhou Lulinha à sede da Portugal Telecom. Foram prospectar novos negócios para a Gamecorp.

Os dois sócios de Lulinha, Fernando Bittar e Jonas Suassuna, proprietários da fazenda de Lula e do apartamento de Lulinha, viajaram com eles.

Zunga é Lulinha. E Lulinha é Lula.

Faça o primeiro comentário